Novas chegadas e uma saída no G7 Informe

Por Universo G7 – 15/08/2021

O G7 Orcon, tem novas chegadas de parceiros dentro de seu rol de anunciantes em agosto.
Além da renovação contratual com algumas marcas, o Portal G7 Informe passará a contar com anúncios da Samsung.
A Sul-coreana, assinou no último 9 de agosto, um contrato de 3 anos com o Portal, que deve ir até 2024.
Inicialmente o contrato seria de 2 anos, indo até 2023.
Mas na versão final apresentada para a assinatura, a empresa esticou o prazo, chegando a 2024, o que acabou sendo melhor para a Equipe.

Contudo, o contrato feito com a Samsung, não rende receita financeira para o G7 Informe.
Ele é um contrato que é por uma modalidade de trocas, como chamam no jargão técnico desse tipo de transação.
O G7 anuncia a Samsung em suas páginas e Podcasts, em troca de receber equipamentos e serviços da marca.

O Departamento de Jornalismo, receberá 10 Folhets, celulares que tem acoplados funções de Tablet.
Eles serão da linha Galaxy A31.
E começarão a ser entregues a partir de 20 de agosto, para integrantes do Portal.
A expectativa é que até o começo de outubro, todos os integrantes do G7, recebam o seu.

Os aparelhos serão enviados ao escritório G7, em São Paulo.
De lá devem ser distribuídos por sorteio, aos jornalistas.
O G7 havia divulgado na semana passada, uma lista contendo os nomes dos primeiros jornalistas a receber o material.
Mas a lista foi cancelada.

Com mudanças no Departamento, agora um novo sorteio deve ser realizado, para definir a ordem de entrega dos equipamentos.
Os Folhets, não são dos jornalistas, são do Site, destaca o Jornalista Guilherme Kalel, Presidente do G7 Orcon.
Assim, quem receber precisa o devolver, para os casos da pessoa se desligar da equipe.

Além dos Folhets, o contrato prevê que a Samsung vai doar, 300 Tablets para o projeto Brasil Acessível.
Que fornece equipamentos digitais para deficientes visuais estudarem.
Esses Tablets, modelo Galaxy Tab A10, serão encaminhados para o Site, em lotes.
Eles começam a chegar em setembro, 50 unidades.
Mais 50 unidades chegarão em novembro, e outras 100 unidades entre janeiro e fevereiro de 2022.
Em 2023, a Samsung enviará mais 100 unidades para fechar o pacote.
Além disso, a marca vai oferecer descontos na compra direta dos Tablets, que o Site necessitar como extras, para o mesmo projeto social.
Cada unidade vai sair por R$ 650,00, quando seu preço de loja é de R$ 1400,00 em média.

O contrato ainda prevê, a entrega de 5 televisores de 42 polegadas, 5 de 55, e 10 de 32.
Isso, ao longo dos 3 anos de contratos.
Mais 10 Samsungbooks, notebooks da marca, também serão dados ao Portal.
Esses equipamentos serão na sua maioria, remetidos para sorteios e promoções do G7, explica Luara Pecker, Gestora de Marketing da Equipe.
Ao todo, o contrato somados todos os produtos, deve chegar aos R$ 200 Mil, em equipamentos, explica Luara.

A Samsung não será a única a doar equipamentos ao G7.
A Motorola também confirmou na última sexta-feira, 13, que irá renovar o contrato que vence em setembro, com o G7.
O contrato está sendo elaborado, seus termos ainda não foram divulgados pela Equipe de Gestão do Portal.
A expectativa é que ele seja assinado, até o final do mês, mas a data não está ainda definida.

Quem chegou ao Site em agosto também, foi a operadora TIM.
A marca realizou a assinatura de um contrato por 3 meses com o Portal, e que deve se esticar.
A empresa revelou que tem planos de ficar, pelo menos 1 ano com o Site, se as coisas continuarem fluindo bem.

Esse contrato com a TIM, prevê descontos em planos para vendas pela K-Store, loja do G7 Orcon.
Também, uma parcela de repasses ao Site, no valor de R$ 2500,00 mensal, pelo período que durar o contrato.

Contrato recusado
Enquanto algumas empresas chegam ao Site, outras saem.
A fabricante de cafés L’or, que é originária da França, teve sua distribuição brasileira revendida para outra distribuidora há cerca de 2 meses.
Desde junho, a L’or, deixou de produzir o café clássico, que era comercializado em embalagens de 250G, e que era o preferido por Guilherme Kalel.
O Jornalista destaca que aquele café, era o diferencial da marca,
sem ele, L’or, é apenas mais do mesmo, que já tem no Brasil.

Com um contrato com a Melitta, que deve seguir até outubro, e o da L’or, que iria se renovar mensalmente, Kalel desistiu da marca.
Sim, pela falta do café classic.
“Não posso anunciar um produto que não tenha coisas as quais eu teste e aprove,
que credibilidade trago para meus leitores?
Quando eu falo de algo ou ponho algo no meu site, eles entendem que se está aqui, é porque é bom.
O atual L’or, é só mais do mesmo e não tem mais nada de atrativo diferencial, e eu não faço contratos só pelo dinheiro”, disse o Jornalista.

Essas críticas a marca, não foram feitas por Kalel, apenas para a equipe da revista Universo G7.
O Jornalista externou sua opinião, num ofício encaminhado a marca, explicando o cancelamento das renovações,
e falou por telefone na semana passada, com a equipe de gestão de Marketing da empresa agora responsável pela L’or, no Brasil.