Maior programa de inclusão – Informe Franca vai liberar 20 mil assinaturas em programa estudantil

Por Kate Hauen, Olhar Informe

26/02/2021 | 16h33

O Portal Informe Franca realizará, o maior programa de inclusão estudantil ao jornalismo para deficientes da América Latina.
A informação foi confirmada pela Coordenadora de Projetos Sociais do Site Mariana Corsi, na tarde desta sexta-feira, 26 de fevereiro.
O programa estudantil que liberará assinaturas foi criado, originalmente para ter 5 mil vagas.
Destas, 3 mil seriam destinadas a pessoas com deficiência e outras 2 mil para sem.
O programa foi dividido deste modo, porque pessoas com deficiência especialmente visual, não tem em sites de informação muitas das vezes a acessibilidade que precisam para o acesso.
O Informe Franca é acessível a este público de pessoas e muito acessado por eles.

As inscrições para o programa se iniciaram na segunda-feira, 22, e se estendem até este sábado, 27, as 18h.
O Informe Franca deve fazer a seleção dos inscritos para que comece a liberar suas assinaturas a partir de domingo, 28.
Mas levará alguns dias com a ampliação divulgada até que todos estejam com seus acessos.

O prêmio do TOP Digital conquistado nesta quinta-feira, e um artigo escrito pelo Jornalista Guilherme Kalel, no blog que mantém no Informe Franca,
foram fatores preponderantes para que o Conselho Administrativo do Site, liberasse uma mudança extraordinária no projeto original.
Pelo novo modelo apresentado e já aprovado, o programa Conectados com a Notícia, terá 20 mil participantes e não mais 5 mil.
Serão ao todo, 12 mil pessoas com deficiência contempladas.
Já as pessoas sem deficiências terão 8 mil vagas.

É preciso preencher uma série de requisitos que serão analisados pela equipe do Informe, para participar do programa.
As regras não foram alteradas, apenas a quantidade de assinaturas liberadas, explica Mariana Corsi.

Com 12 mil deficientes, este será o maior programa de inclusão, feito por um jornal quer seja impresso ou Online, da América Latina.
Nem um outro veículo de comunicação, concedeu tantas assinaturas gratuitas por 1 ano, como o Informe fará para deficientes.
De todas as naturezas, como bem destacou Mariana.

Há até as 16h desta sexta-feira, uma plataforma que recebeu, 44,8 mil pessoas que pedem inscrições para participar do programa do Portal.
Já um recorde de inscritos.
Destes, 23,8 mil são pessoas com deficiência.
Estima-se que até amanhã a tarde, este número possa ultrapassar os 45 mil inscritos e 24 mil deficientes.
O que indica que metade dos inscritos se selecionados, poderiam entrar no programa.
A vaga para pessoas sem deficiência, será mais concorrida.

Uma situação atípica do que geralmente se vê, explica Mariana.
“Geralmente o que vemos são pessoas deficientes tendo que mostrar suas capacidades, e muitas das vezes tendo que disputar vagas com pessoas ditas normais, sem deficiência.
Onde estas ficam sempre em vantagem sob os deficientes.
Mas aqui, há uma oportunidade única de mostrar que todos são iguais, e que, deficientes também precisam de seu espaço.”