INSS – Prova de vida voltará a ser feita presencialmente só em maio de 2021

Por Guilherme Kalel e Nathália Mello, Do Informe Franca

23/02/2021 | 14h05

O INSS informou nesta terça-feira, 23 de fevereiro, que seguirá suspenso até maio a realização das provas de vida de seus beneficiários de maneira presencial.
Desde o ano passado, a autarquia suspendeu a medida, feita uma vez por ano para que as pessoas continuem a receber seus benefícios.
A suspensão foi motivada pela pandemia da Covid-19, e a impossibilidade de aglomeração de pessoas em locais.

Geralmente a prova de vida é feita nos bancos, onde a pessoa recebe o benefício.
O INSS está fazendo um novo sistema que deve mudar essa obrigatoriedade.
No ano passado, 500 mil beneficiários foram cadastrados para que pudessem fazer sua prova de vida digital.
Nesta terça-feira este número foi ampliado.
Agora, 5,3 milhões de beneficiários já podem usar a modalidade.

Para fazer isso, é só acessar ao aplicativo do Governo Federal, e na guia do INSS seguir as etapas.
As pessoas que precisam fazer sua prova de vida digital, serão chamadas por SMS ou por meio de notificações no Aplicativo Meu INSS.
Quem não receber não se preocupe, pois a pessoa poderá fazer normalmente nas agencias bancárias.

A prova de vida digital, será feita por meio de reconhecimento facial.
É preciso estar atento, porque o sistema tem os dados da pessoa com seu documento com foto, que será comparado.No novo sistema desenvolvido pelo governo, a pessoa vai fazer um vídeo como se fosse uma Selfie com o celular, e isso vai garantir sua prova de vida.
Por isso fraudes não serão permitidas.

Hoje, o INSS tem 36 milhões de beneficiários.
A estimativa da Previdência Social, é que nos próximos anos todos estejam aptos a fazerem a prova de vida digital.
Uma medida que facilita, pois não precisa da pessoa se locomover a uma agencia bancária só para aquela finalidade.