Ricardoeletro fecha lojas físicas e pede recuperação judicial

Por Mariana Novacki

Informe Franca – 08/08/2020 | 18h10

A Máquina de Vendas, dona da rede Ricardoeletro, fechou suas lojas físicas que ainda eram mantidas no Brasil e entrou nesta sexta-feira, 7 de agosto, com um pedido de
recuperação judicial.
O grupo tem uma dívida, de R$ 4 Bilhões, que não vem conseguindo pagar desde 2018.
No ano passado, a empresa tentou negociar com credores, sem a necessidade de intervenção da Justiça, mas não deu certo.

Em julho, o fundador da empresa Ricardo Nunes, foi preso em uma operação da Polícia de Minas Gerais, por sonegação fiscal,
desde então, a situação da marca só piorou.
Haviam cerca de 300 lojas em operação no Brasil, que fecharam suas portas entre o final de julho e começo de agosto,
agora, a Máquina de Vendas vai tentar se concentrar em sua recuperação, por meio de vendas Online.