Pandemia – Brasil rompe barreira das 90 mil mortes por Covid-19 e tem mais de 2,5 milhões de infectados

Por Lívia Tomazelli

Informe Franca – 29/07/2020 | 20h15

O Brasil ultrapassou nesta quarta-feira, 29, mais uma triste marca.
Os 90 mil óbitos registrados por conta da Covid-19, o novo Coronavírus.
Foram, mais de 1500 óbitos registrados nas últimas 24h, segundo dados das Secretarias Estaduais de Saúde, que abastecem o sistema de informações do governo federal.
Ao todo, o país registra 90134 mortes.
22,3 mil delas estão no estado de São Paulo, mais afetado pela doença em solo brasileiro.

O número de pessoas que foram infectadas, também não para de subir.
Foram mais 69 mil diagnósticos nas últimas horas, elevando o total de casos para 2552265.
Com esses novos números, 3 coisas não podem deixar de ser salientadas.

1 – A superlotação nos serviços de saúde pública e privada, e a dificuldade cada dia maior em tratar esses pacientes.
Faltam leitos, medicamentos, e principalmente itens de entubação.

2 – A dificuldade em se impedir que a doença se espalhe.
Já que as pessoas estão cada vez mais flexíveis na quarentena, mesmo onde a flexibilização está em fase inicial ou regressiva.

3 – A coisa mais importante a ser notada, é a importância e a fiscalização de quase zero, que as autoridades políticas do país tem dado para o momento.
O Brasil, é o 2º país isolado no ranking mundial, com números de casos e mortes pela doença.
Também, é um dos países que apresenta a maior taxa de ocupação em leitos de UTI do mundo.
E ainda sim, não foi o suficiente para se criar um sistema de planejamento eficaz e melhor.