Franca ultrapassa os1000 casos de Coronavírus, chega a 24 mortes e permanece no nível vermelho de flexibilização

Por Guilherme Kalel e Lívia Tomazelli

Informe Franca – 25/07/2020 | 7h

A cidade de Franca rompeu a barreira de 1000 casos de Covid-19, nesta sexta-feira, 24.
Com 23 novos diagnósticos, o Município registrou 1008 pessoas que testaram positivo para o novo Coronavírus.
São 312 pessoas que esperam o resultado de exames para confirmação ou descarte, e 331 pessoas que se recuperaram após ter a doença diagnosticada.

O número de mortes provocadas pelo novo Coronavírus, também cresceu.
Nesta sexta, a Prefeitura confirmou a 24ª morte, de uma idosa internada no hospital Unimed São Joaquim,
e ocorrida na noite de quinta-feira, 23.

Além desses novos números, o resultado de colapso na saúde, manteve Franca na zona vermelha de flexibilixação da quarentena.
O governador João Doria, prorrogou o estado na região até 10 de agosto, quando o Município deve ser reavaliado.
Apesar do decreto, pouca coisa deve mudar em relação ao funcionamento de Franca.
A maior parte do comércio não tem respeitado os decretos estaduais.
Igrejas e templos religiosos tem aberto suas portas mesmo com a ordem de não funcionamento,
e o que era para ser apenas funcionamento de serviços essenciais, contribue para a abertura ampla e a proliferação da doença.

Nesta sexta-feira, o ex-prefeito de Franca Alexandre Ferreira, foi também hospitalizado com Coronavírus.
Além dele, a esposa, teve o diagnóstico para a doença.
Ela passa bem, mas Ferreira foi internado por ter sintomas mais agudos.