Saúde entra em colapso com casos de Covid-19 em Franca

Por Guilherme Kalel

Informe Franca – 24/07/2020 | 12h20

A cidade de Franca entrou nesta sexta-feira, 24 de julho, em colapso na saúde.
A informação é do Coordenador de Saúde Municipal, Luiz Carlos Vergara.
E foi repassada em entrevista a uma rádio local do Município, nesta manhã.

De acordo com os dados apresentados, Franca não dispõe de mais vagas em UTI adulto,
todas disponíveis pelo SUS estão lotadas.
O Pronto Socorro Municipal, opera com 6 pacientes aguardando leitos em enfermaria, e pacientes entubados a espera de vagas na UTI.
O Hospital de Campanha montado em Franca, atende com 100% de sua capacidade de leitos clínicos.

Outra situação preocupante, é que não se é possível transferir pacientes.
Vergara alega que não existem vagas disponíveis nem na rede particular,
em cidades da região.
Todas estão com os quadros lotados e não aceitam receber mais pacientes, explicou.

No Pronto Socorro Municipal de referência para atendimentos da Covid-19, funcionários são convocados para trabalhar e ajudar a dar conta na demanda.
Além de enfermeiros e técnicos de enfermagem, estão sendo chamados nutricionistas, fisioterapeutas e profissionais de outras áreas da saúde.
A situação é realmente crítica e de colapso, na saúde de Franca.

No Hospital Unimed São Joaquim, onde o atendimento é privado,
existem 10 pacientes internados em UTI para Coronavírus.
O Hospital disse que nesta sexta, abriria 4 novas vagas.
Mas o volume de pacientes que tem chegado, é realmente alto e tem preocupado médicos e administradores.
O São Francisco, não informou até a publicação desta reportagem, se há vagas ou se o hospital tem como amplia-las.