Claro Vivo e TIM oficializam oferta pela compra da OI Celular

Por Nathália Valle

Informe Franca – 18/07/2020 | 14h30

Na madrugada deste sábado, 18 de julho, as operadoras de telefonia móvel Claro, TIM e Vivo, emitiram comunicado conjunto onde revelam ter feito uma oferta pela aquisição das operações da OI Celular.
Se o negócio for concretizado, cada uma das Teles deve ficar com partes da divisão móvel da OI, em recuperação judicial desde 2017.
O valor do negócio não foi revelado, nem quanto cada operadora teria de participação, se a venda for concretizada.

A OI, está avaliando desfazer de operações que não estão lhe rendendo mais lucros, para que possa se focar na sua expansão de internet por fibra.
O Presidente da Companhia acredita que essas vendas, possam impulsionar a Tele para que possa recuperar-se, em um plano que deve ser apresentado a devedores e investidores em agosto.
A Algar Telecom, também está interessada nas divisões de Internet e Móvel da Tele.
Mas, nem uma proposta havia sido realizada até a publicação desta reportagem em modo oficial.
Conforme reportagem publicada pela revista G7 Press no começo de julho, a Algar teria disponíveis, R$ 15 Bilhões de um fundo de investimentos para a compra da divisão móvel da OI.
Resta saber se o valor seria suficiente.

A compra da operadora pelas 3 maiores Teles do Brasil, pode indicar uma monopolização ainda maior dos serviços de telefonia.
Por isso, especialistas veem com ressalvas o negócio.
Para as operadoras, é uma oportunidade de crescimento e ampliação.
Como são 3 diferentes operadoras comprando o negócio, não é possível saber qual nome a empresa receberia, nem para onde seriam migrados as bases desses clientes.
No caso da compra pela Algar, o que poderia ser mais viável,
a Tele colocaria os clientes OI Celular, dentro de sua base já adquirida.

A OI foi procurada mas não respondeu, até a publicação desta reportagem, os contatos do Informe Franca para comentar a oferta recebida.