São Paulo anuncia volta de ensino superior presencial em cidades na fase amarela

Por Guilherme Kalel e Mariana Monary

Informe Franca – 13/07/2020 | 19h05

O governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira, 13 de julho, que o ensino presencial no nível superior, poderá voltar a ocorrer no Estado.
Mas apenas para cursos voltados a área da saúde, cujo os alunos estejam em fase final de conclusão dos cursos.
Só será permitido o regresso das atividades, respeitando o distanciamento e o limite de 35% da capacidade de alunos em salas de aulas e laboratórios, e nos municípios
paulistas em que, a bandeira for de fase amarela.
Qualquer cidade em outra fase não pode retomar suas atividades.
Ainda na fase amarela, é preciso que o Município esteja a miais de 15 dias na fase, para garantir o direito de funcionamento das atividades.

A medida liberada pelo governo de SP, marca de uma certa forma o regresso do calendário acadêmico,
que a partir de setembro, também deve começar a contar com escolas, incluindo a educação básica.
O governo acredita que até lá, a taxa de contaminação do vírus será menor.
Os dados diariamente no Brasil, contradizem essas expectativas.
Os casos estão em curva acentuada de crescimento, ao lado de mortes.