Lançamento de Sofia – Instituto Melissa Elisa cria sistema de ensino virtual para deficientes visuais

Por Mariana Novacki

Informe Franca – 28/06/2020 | 7h

O Instituto Melissa Elisa de Projetos Sociais, vai lançar em 7 de julho, uma nova plataforma voltada ao ensino virtual de deficientes visuais.
A plataforma receberá o nome de Sofia, e atenderá públicos Online.
O sistema será desenvolvido para ser usado a partir de um computador / notebook, ou Tablet / Smartphone.
Atendendo as principais tendências e especificações do mercado.
Os investimentos para sua criação, partem de um aporte do Bradesco, por meio de sua Fundação que prima pela acessibilidade e inclusão.

Neste primeiro momento, serão ofertados 12 cursos Online.
A partir de setembro serão inseridos mais 3 áreas de atuação, totalizando 15 tipos diferentes de cursos.

A plataforma é 100% acessível para deficientes visuais total, ou de baixa visão.
Que usam programas de leitor de tela e de recursos de ampliação, para acesso.
O seu desenvolvimento ficará a cargo do A3 Genisys, empresa de tecnologia parceira do Informe Franca, mantenedor do Instituto Melissa Elisa.
80% das vagas ofertadas no sistema, serão gratuitas para deficientes visuais de baixa renda, que queiram entrar para o mercado de trabalho ou cursar uma universidade e mudar de vida.
20% dessas vagas, serão abertas a deficientes visuais em geral, que poderão pagar pelos cursos assistidos.
As aulas serão uma só, por isso o deficiente visual que entrar com bolsa e aquele que pagar, terão o mesmo ensino, dado pelos mesmos professores.

Neste primeiro momento, existirão 8 professores credenciados pela Fundação Bradesco e pelo Instituto Melissa Elisa de Projetos Sociais, para ministrar as aulas.
A expectativa é que com o passar do tempo e o aumento de cursos e demandas, mais profissionais sejam inseridos.

Os cursos serão voltados para as áreas de conteúdo digital,
e também de idiomas.
Ainda haverão cursos voltados para as áreas de inclusão no mercado de trabalho, como telemarketing, serviço de atendimento ao cliente, entre outros.

O nome do sistema, Sofia, tem duas razões.
O primeiro deles é que na tradução literal, Sofia quer dizer “Sabedoria”, exatamente o que os alunos buscam ao fazer o curso,
destacou Ester Marini, Presidente do Instituto Melissa Elisa de Projetos Sociais.
O outro significado é que cada uma das letras que compõe o nome da plataforma, representa um significado.
S – Serviço
O – Online
F – Fácil
I – Invisual
A – Aprender.
Assim temos o Serviço Online Fácil para o Invisual Aprender (Sofia).
O nome é sugestivo, já que a plataforma garante uma acessibilidade e uma grande autonomia para todos os públicos de deficientes visuais, do usuário mais básico ao mais avançado.