PF prende ativista bolsonarista e procura outros 5 de movimento 300 pelo Brasil

Por Guilherme Kalel e Carolina Winter

Informe Franca – 15/06/2020 | 9h15

A Polícia Federal busca nesta manhã de segunda-feira, 15, 5 pessoas que integram o movimento 300 pelo Brasil.
Um grupo de manifestantes pró governo Bolsonaro, que tem protagonizado uma série de manifestações contra as instituições democráticas e o STF.
Essas pessoas são acusadas de realizar no domingo, 14, um ataque ao prédio do STF, com fogos de artifício.
E também são acusadas de propagar Fake News nas redes sociais.
Os procurados são investigados em inquérito que transcorre no Supremo.

Além dos 5 procurados, a polícia prendeu na manhã desta segunda-feira em Brasília, a ativista bolsonarista Sara Winter.
Que trabalhou como Assessora da Ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves.
Sara é acusada de propagar rede de Fake News, fazer ameaças contra o Ministro do STF Alexandre de Moraes, e de insuflar o movimento para ataques as instituições.
Ela é apontada como uma das líderes dos 300 pelo Brasil, e esteve acampada com eles em Brasília nas últimas semanas.
No final de semana, foi uma das retiradas em ação da Polícia Militar do DF.

A ordem de prisão de Sara Winter, foi decretada pelo Ministro Alexandre de Moraes do Supremo Tribunal Federal.
Mas o pedido, partiu da Procuradoria-Geral da República.