Brasil contabiliza 38403 óbitos por Covid-19

Por Lívia Tomazelli

Informe Franca – 09/06/2020 | 20h

O Brasil registrou nesta terça-feira, 9, mais uma alta nos casos de Coronavírus e de mortes provocadas pela doença.
Foram, mais de 1270 óbitos registrados pelas Secretarias Estaduais de Saúde, ampliando o número de mortes em 38406 pessoas.
O total de casos, também subiu, atingindo 739549 pessoas infectadas.

São Paulo apresenta a maior taxa de casos e de mortes.
Seguida por Rio de Janeiro e Ceará.
No sul do Brasil, os números no Rio Grande do Sul já começam a preocupar.
Com 302 mortos o estado registra mais de 12 mil pessoas infectadas.
A maior parte dessas infecções, ocorreram nas últimas duas semanas.
O estado que vinha tendo um número positivo em seus balanços, começa a ver isso se reverter o que tem preocupado as autoridades.

O governador Eduardo Leite, disse que pode voltar a endurecer regras da quarentena no RS, por conta de novos números e aumento de casos da doença.
Por outro lado a maior parte de cidades e estados do país, ainda estão em processo de flexibilização.
Mesmo que os números estejam subindo.

Hoje, atendendo uma ordem do STF, o Ministério da Saúde voltou a divulgar os casos as 19h.
Contendo número de contaminados de hoje e de dias anteriores, desde que os levantamentos começaram.
Antes por ordem do Presidente, esses números foram suprimidos desde 5 de junho.

Antes da publicação oficial do governo federal, os estados divulgaram em seus canais, os números de novos casos e mortes por Covid-19 no país.
Os números foram divulgados as 18h.
Para fazer seu levantamento, e chegar a números sobre as mortes hoje, jornalistas usaram esses dados divulgados pelos estados.
Comparados com os números do Ministério da Saúde, pôde se constatar que não houve supressão de casos ou mortes nesta terça.
Ontem, domingo e sábado, os dados foram divergentes por ordem do Presidente Bolsonaro.