STF condena Paulinho da Força com pena de 10 anos de prisão

Informe Franca – 06/06/2020 | 7h

O Deputado Federal Paulo da Silva, conhecido como Paulinho da Força, foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal, em uma pena de 10 anos de reclusão em regime inicialmente
fechado.
A sentença foi proferida pela 1ª Turma do Tribunal, numa ação que tramita na Corte desde 2012, e que só agora obteve sentença.
O Parlamentar foi denunciado por corrupção, ao fazer indicações em troca de propina no BNDES.
A Polícia Federal e o Ministério Público, encontraram provas de que Paulinho, agiu para beneficiar membros da força sindical, entidade que representa, nesse processo.
E que nomeou, mais de 12 pessoas para altos cargos e salários no banco, usando sua influência.

Paulinho é líder do Partido Solidariedade, que também está no chamado Centrão.
E consequentemente se transformou em aliado do Presidente Jair Bolsonaro.

A defesa do Parlamentar, nega que ele tenha cometido as irregularidades pelas quais foi condenado,
e promete recorrer ao Plenário do Supremo.
Se os Ministros na sua maioria acatarem a manutenção da condenação, o Deputado pode perder o mandato e ser preso.