Bolsonaro chama manifestantes contrários a seu governo de idiotas e viciados

Por Guilherme Kalel

Informe Franca – 05/06/2020 | 7h

O Presidente Jair Bolsonaro, em transmissão ao vivo nesta noite de quinta-feira por suas redes sociais,
mais uma vez falou o que quis e ofendeu as pessoas de bem no Brasil.
Num termo generalizado, disse que todos que se manifestam contra o seu governo, são pessoas idiotas e viciadas.
Para o Presidente, a maior parte são estudantes, que se aplicada uma prova do Enem, não tirariam nem 5, porque não sabem nem fazer uma interpretação de texto.

O Presidente aproveitou a sua Live semanal, que teve cerca de 1h de duração,
para pedir que seus seguidores não compareçam a manifestações de rua, no dia 7 de junho.
O motivo, evitar o confronto com aqueles que são contrários a seu governo e não tem nada a oferecer ao país.
No final de semana passado, houve confronto em diversas cidades, entre apoiadores e contrários ao Presidente.
É importante salientar que, quando a pandemia começou, Bolsonaro também pediu que seus apoiadores não fossem as ruas.
Mas, no domingo seguinte ele estava nas ruas junto com manifestantes em frente ao Planalto.
No final de semana passado, o Presidente chegou de Helicóptero em uma Manifestação, e depois andou a cavalo para cumprimentar apoiadores, sem qualquer proteção contrariando normas de combate a Covid-19, de novo.

Para Bolsonaro, as pessoas que se manifestam contra seu governo, e que se denominam antifascistas, na verdade são terroristas e marginais revestidos.
Eles seriam jovens, liderados por pessoas experientes a maioria ligada ao movimento MST, que o Presidente classificou como um grupo de terroristas.