Ato de torcidas termina em confronto em SP

Por Luiza Rodrigues e Mariana NNovacki

Informe Franca – 01/06/2020 | 7h30

Um grupo de torcedores rivais, se uniu neste domingo 31 de maio, para uma manifestação que a princípio seria pacífica, na Avenida Paulista em São Paulo.
Os torcedores protestavam contra o Presidente Jair Bolsonaro, e medidas do governo federal e falas, divulgadas nas últimas semanas.
Esse grupo de torcedores, reunia integrante das torcidas organizadas dos maiores clubes de São Paulo.
A manifestação, foi ocorrendo de forma pacífica, até que o grupo se encontrou com apoiadores do Presidente.
Os manifestantes começaram um confronto e a PM, que estava presente para garantir a segurança do protesto, precisou interferir.

Os policiais atiraram bombas de efeito moral, e balas de borracha.
Os manifestantes, atearam fogo em objetos e lançaram pedras e lixeiras, contra a Tropa de Choque da PM.
A confusão piorou, quando um grupo de torcedores se preparava para ir embora do protesto, e apoiadores do Presidente com bandeiras nazistas, insurgiram contra os
manifestantes.
A polícia precisou interferir mais uma vez, e houve nova confusão.

Ao longo de todo o domingo, o Brasil registrou protestos contra Jair Bolsonaro, e também a favor do Presidente.
O Próprio, prestigiou as manifestações em seu favor, em Brasília.
Bolsonaro sobrevoou uma manifestação ao lado do Ministro da Defesa.
Mais tarde, andou a cavalo para cumprimentar apoiadores.