Prefeitura de Franca aluga prédio de hospital, para implantar hospital

Por Guilherme Kalel e Lívia Tomazelli

Informe Franca – 31/05/2020 | 11h18

A Prefeitura da cidade de Franca, decidiu fazer uma coisa inusitada.
Daquelas que você vê acontecer só na cidade de Franca e em nem um outro lugar do mundo.
Na sexta-feira, 29 de maio, foi publicado no Diário Oficial do Município, um contrato celebrado entre a administração Municipal e o Hospital da Caridade Dr. Ismael Alonso Y
Alonso.
O hospital pertence ao Instituto de Medicina do Além, e foi idealizado para atender pessoas que não possam pagar por atendimentos médicos.

A Prefeitura Municipal, teve duas ações que merecem ser destacadas no lugar.
A primeira, celebrou um contrato de R$ 1,2 Milhões, comprando 20 leitos da unidade de saúde, para que recebessem pacientes com Covid-19.
Assim, essas pessoas poderiam ser internadas na Santa Casa, ou no Hospital da Caridade.

Além disso outro fato curioso, é o contrato de locação entre a Prefeitura e o Hospital.
O Prefeito Gilson de Souza locou o prédio onde funciona o Hospital da Caridade, por R$ 50 Mil mensal,
num contrato com validade de 4 meses que pode ser prorrogável se houver necessidade.

A locação é para que no prédio do hospital, funcione o próprio hospital.
Assim, a instituição leva da Prefeitura Francana, uma fatia de R$ 1,4 Milhão.

É indiscutível os excelentes serviços prestados pelo Instituto a população de Franca.
Mas deveria ser no mínimo questionável a atitude da Prefeitura que não tem nem uma conexão com a realidade.
Na prática seria como se, o Prefeito de Franca alugasse a sua casa para que você continuasse a morar nela.
Ou a sua empresa, para que continuasse trabalhando no espaço e ainda recebendo por isso.

Com a palavra a Prefeitura
A Administração Municipal de Franca não se manifestou, até a publicação desta reportagem, para esclarecer as motivações por trás do contrato.
O espaço permanece aberto para eventuais manifestações caso queiram.