Havan passa a vender arroz e feijão para poder abrir as portas

Informe Franca – 21/05/2020 | 7h

Conteúdo Publicitário:
Café L’or O padrão ouro em sabor do café.

A rede de lojas Havan, que vende itens para casa, começou nesta semana a adotar uma nova medida para que possa ficar de portas abertas.
Com 145 lojas espalhadas pelo Brasil, as unidades tiveram de ficar de portas fechadas por quase 2 meses, em razão da quarentena pelo Coronavírus.

Conteúdo Publicitário:
Algartelecom Sempre juntos.

O dono da rede e seus funcionários, protestaram contra a medida de isolamento social, e inclusive, participaram de manifestações nas cidades em que as lojas existem.
Em Franca, um grupo de funcionários da Havan, foi até a Prefeitura Municipal, para pedir a reabertura do comercio.

Para que pudessem driblar as normas, o proprietário da rede, adotou uma nova tática.
As lojas Havan reabriram nesta semana, vendendo itens alimentícios como arroz e feijão.
Com essa tática, a loja se encaixa em venda de produtos essenciais e pode ficar aberta.
O proprietário da Havan, disse que não podia mais ficar de portas fechadas, e ressaltou que ele precisa pagar os funcionários e que os mesmos, precisam por comida na mesa, e
pagar as contas de casa.
Por isso, é justificável segundo ele, a reabertura.

Conteúdo Publicitário:
Santander O que a gente pode fazer por você hoje.